Por que curar a própria vida: o papel do Thetahealing